quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

até que um dia


Nasci para roer o silêncio
 - e vou roê-lo metodicamente
até que um dia se invertam os papéis
e seja o silêncio a roer-me a mim.


A.M. Pires Cabral

O Silêncio
Ouve, meu filho, o silêncio.
É um silêncio ondulado,
um silêncio
donde resvalam ecos e vales,
e que inclina a fronte
para o chão.


Garcia Lorca

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Quando o coração vira deserto....


Sei que nunca mais encontrarei coisa nenhuma nem ninguém que me inspire paixão. 
Sabes? 
Pôr-se uma pessoa a amar alguém não é tarefa fácil. 
É preciso ter uma energia, uma generosidade... 
É preciso uma cegueira... 
Há até um momento, logo ao princípio, em que se tem de saltar por cima de um precipício: quem reflete não salta.

 E eu sei que nunca mais saltarei.






Jean-Paul Sartre

À breve, azul cantilena
dos teus olhos quando anoitecem.

E. de Andrade

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

domingo, 24 de fevereiro de 2013

madrugadas,


''Ás vezes levanto de madrugada,
com sede,
flocos de sonho pregados na minha roupa..."



Adélia Prado

Entregas!



Toco a sua boca com um dedo, toco o contorno da sua boca, vou desenhando essa boca como se estivesse saindo da minha mão, como se, pela primeira vez, a sua boca entreabrisse, e basta-me fechar os olhos para desfazer tudo e recomeçar. 

Faço nascer, de cada vez, a boca que desejo, a boca que minha mão escolheu e desenha no seu rosto, uma boca eleita entre todas, com soberana liberdade, eleita por mim para desenhá-la com minha mão em seu rosto, e que, por um acaso, que não procuro compreender, coincide exatamente com a sua boca, que sorri debaixo daquela que minha mão desenha em você. 

Você me olha, de perto me olha, cada vez mais de perto, e então brincamos de ciclope, olhamo-nos cada vez mais de perto e nossos olhos se tornam maiores, se aproximam uns dos outros, sobrepõe-se, e os ciclopes se olham, respirando confundidos, as bocas encontram-se e lutam debilmente, mordendo-se com os lábios, apoiando ligeiramente a língua nos dentes, brincando nas suas cavernas, onde um ar pesado vai e vem, com um perfume antigo e um grande silêncio. 

Então as minhas mãos procuram afogar-se no seu cabelo, acariciar lentamente a profundidade do seu cabelo, enquanto nos beijamos como se estivéssemos com a boca cheia de flores ou de peixes, de movimentos vivos, de fragrância obscura. 

E se nos mordemos, a dor é doce; e se nos afogamos num breve e terrível absorver simultâneo de fôlego, essa instantânea morte é bela. E já existe uma só saliva e um só sabor de fruta madura, e eu sinto você tremular contra mim, como uma lua na água.



Julio Cortázar


Parti, coração, parti,
navegai sem vos deter,
ide-vos, minhas saudades
a meu amor socorrer.



Gregório de Matos

"É que eu gosto do riso de tudo. 
De flores. De gente. De bichos. 
Dos dias de céu azul lisinho. 
Das noites carregadas de cachos de estrelas. Da canção que as ondas cantam quando tocam a areia. 
Às vezes, eu vejo até o riso contido do que não tem coragem de rir." 


Ana Jácomo 

 (…)
O primeiro dever a realizar é em relação a si mesmo. (...) Para me adaptar ao que era inadaptável (...) tive que cortar meus aguilhões, cortei em mim a força que poderia fazer mal aos outros e a mim. E com isso cortei também minha força. (...) Não pude deixar de querer lhe mostrar o que pode acontecer com uma pessoa que fez pacto com todos, e que se esqueceu de que o nó vital de uma pessoa deve ser respeitado(…)



Clarice Lispector

sábado, 23 de fevereiro de 2013


Queria apenas tentar viver aquilo que brotava espontaneamente de mim.

 Por que isso me era tão difícil?



Hermann Hesse

Sei que não se parece em nada com uma carta porque não pretendo dar-te notícias ou dizer o que a vida me tem trazido: 
apenas quero mostrar-te que, por mais vidas que tenhas, o teu corpo não será nunca capaz de medir todo o amor que se me transpira pela parte de trás do meu silêncio.



Sérgio Xarepe

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

queria ter um 'passado' com ele...


Quando acordaram de manhã, na mesma cama, ela disse-lhe que queria ter um passado com ele. 

Não era um futuro, que é uma coisa incerta, mas um passado, que é isso que têm dois velhos depois de passarem uma vida juntos. 

Quando disse que queria ter um passado com alguém, queria dizer tudo. 

Não desejava uma incerteza, mas a História, a verdade.


afonso cruz 

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013


E às vezes, o silêncio estremece
como se fosse a hora de passar alguém
que só hoje não vem.



Sophia de Mello Breyner Andrese

deixando levar!


"Tem dia que põe virgula, tem dia que põe reticências, tem dia que põe ponto final e tem dia que tem a necessidade de virar a página


Padre Fábio de Melo

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013


nem sempre a neve
cai do céu: 
às vezes,
explode numa flor.




Albano Martins

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

conclusão:




"A gente só queria um amor."


Los Hermanos


"Naquela tarde, de regresso para casa outra vez, sem o gato e sem ela, comprovei que não apenas era possível, mas que eu mesmo, velho e sem ninguém, estava morrendo de amor."



Gabriel García Márquez

domingo, 17 de fevereiro de 2013

estes olhos
apenas se abrem
para avaliar ausências




Alejandra Pizarnik


(...) 

Me SORRI um Sorriso pontual 

E me beija com a boca de hortelã.





Chico Buarque.


"Só UMA Palavra me devora: 

aquela Que Meu Coração Não Diz."


Zélia Duncan


me beija com calma e fundo, até minh’alma se sentir beijada



Chico Buarque 

"Eu me recolho no abandono para ser livre."



Manoel de Barros

sábado, 16 de fevereiro de 2013



"Eu vivo 
tão sozinho
de
saudade"


Marcelo Camelo 

ELA É ASSIM,
NUNCA SERÁ DE NINGUÉM.


Chico Buarque

Foi assim que nunca mais abandonei o teu cheiro.


Disseste que se via nos olhos. Que nem um sorriso conseguia esconder. Que me vias, assim. Perdoa-me também; porque eu reparei nos teus olhos. E não esqueço gestos. Por exemplo: quando levaste a mão ao peito como se não conseguisses respirar. Ouvias esta música. Já não te recordas, eu sei. Disfarçaste. Ainda hoje me espanto com o que aguento lembrar. Por exemplo: quando chorei abraçada a ti. Foi assim que nunca mais abandonei o teu cheiro. Mas tu voltaste a dizer que se via nos olhos e eu – o tanto que tentei – só queria enganar-te. Cedi. Não sei bem o que viste. Sei que te arrastei no meu silêncio. Que me acalmou a tua respiração acelerada. Ou a tua mão no meu cabelo. Beijaste-me em prenúncio de tragédia. Não interessa agora. O que aconteceu? A memória será o meu calvário. E isso – tu sempre soubeste – vê-se nos olhos. Tomara eu sabê-lo tão bem: talvez ainda tivesse tempo de fugir.


Rafael Alberti


VOCÊ ME RENASCE TODOS OS DIAS. 
EU NÃO AMO VOCÊ, AMO ESSE NOVO MUNDO A QUE FUI APRESENTADO DESDE QUE VOCÊ CHEGOU.



Gabito Nunes

Se me esfolassem agora
encontrariam o teu nome
colado num dos meus ossos
De mim, continuariam a nada entender....


Manuel Cintra



Não perturbes a paz que me foi dada.
Ouvir de novo a tua voz seria
Matar a sede com água salgada.



 Miguel Torga



Esse é tempo de partido,
tempo de homens partidos.



Drummond

saudade


saudade

Esquecer alguém é esquecer-se da gente em primeiro lugar. Isso porque, para se colocar alguém fora de nossas fronteiras, é preciso, antes, que a gente consiga se esquecer de uma parte da gente que mora dentro do outro



Claudia Nina

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013








Canta o TEU encanto Que E pra me encantar



Los Hermanos

Descalço venho dos confins da infância,

E a minha infância ainda não morreu...

Em face e atrás de mim ainda há distância.

Ó Menino Jesus da minha infância,

Tudo o que tenho (e nada tenho!) é Teu!


Pedro Homem de Mello

"sua ausência choveu tanto

dentro de mim

que o meu coração borrou"



Geraldo de Barros

São muitos os dias em que os meus bolsos estão vazios.
Nestes dias, não há peça de vestuário que me abrigue da nudez.






Nelson d'Aires

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

domingo, 10 de fevereiro de 2013

sábado, 9 de fevereiro de 2013

Que tenha saúde no corpo, alma... Let It Be!


"Desejo que não tenha tanta pressa que esqueça de colher estrelas com os olhos, nas noites em que o céu vira jardim, e levar para plantar no seu coração as mudas daquelas mais luzentes. Que tenha sabedoria para encontrar descanso e alimento nas coisas mais simples da vida. Que a cada manhã a sua coragem acorde bem juntinho de você, sorria pra você, e o convide para viverem uma história toda nova, apesar do cenário aparentemente costumeiro. Que tenha saúde no corpo, saúde na alma, saúde à beça." 



Ana Jácomo

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013


"Sobretudo, tenho certeza de que Deus está nos detalhes e as coisas simples são as melhores. Taí uma dessas velhas e surradas sabedorias que a gente teima em esquecer." 


Humberto Gessinger

"Na cama, à noite, enquanto penso nos meus muitos pecados e nos meus defeitos exagerados, fico tão confusa pela quantidade de coisas que tenho que analisar que não sei se rio ou se choro, dependendo do meu humor. Depois durmo com a sensação estranha de que quero ser diferente do que sou, ou de que sou diferente do que quero ser, ou talvez de me comportar diferente do que sou ou do que quero ser 

(...)"



Anne Frank

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013





"há sonhos que trincam o céu
(de cada fissura surge
uma estrela)" 


Geraldo de Barros 

domingo, 3 de fevereiro de 2013


"O simples fato da música existir e de poder um ser humano ficar, por vezes, comovido até o âmago por uns poucos compassos e inundado por harmonias, sempre significou para mim um profundo consolo." 


Hermann Hess


Fabrico uma caixa mágica
para guardar o que não cabe
em nenhum lugar:

a minha sombra
em dias de muito sol,
o amarelo que sobra
do girassol,
um suspiro de beija-flor,
invisíveis lágrimas de amor.

Fabrico a caixa com vento,
palavras e desequilíbrio,
e para fechá-la
com tudo o que leva dentro,
basta uma gota de tempo.

O que é que você quer
esconder na minha caixa?



Roseana Murray

se preciso for, o amor deita no chão,



"Ela perguntou onde dorme o amor: lençol, cobertor que aquece o colchão.
Mas faltou dizer que, se preciso for, o amor deita no chão


Zeca Baleiro

Espalhe que:



"Espalhe que o amor não é banal. E que, embora estejam distorcendo o sentido verdadeiro dele nos tempos modernos de hoje, ele existe e é o ingrediente mais importante da vida, a própria poção mágica da Felicidade."



Mário Quintana.  

"Passei a vida te esperando, entende? Quando eu te escondo o jogo, quando eu te trato mal, é tudo medo, é tudo medo do amor."


Cazuza.


"Quem sou eu para falar de amor? Se de tanto me entregar nunca fui minha, o amor jamais foi meu, o amor me conheceu, se esfregou na minha vida, e me deixou assim."


Chico Buarque.

ficaram...



todo o amor do mundo não foi suficiente porque o amor não serve de nada. 
ficaram só os papéis e a tristeza, ficou só a amargura e a cinza dos cigarros e da morte.
os domingos e as noites que passamos a fazer planos não foram suficientes e foram demasiados porque hoje são como sangue no teu rosto, são como lágrimas.
sei que nos amamos muito e um dia, quando já não te encontrar em cada instante, cada hora, não irei negar isso. 
não irei negar nunca que te amei. nem mesmo quando estiver
deitado, nu, sobre os lençóis de outra e ela me obrigar a dizer que a amo antes de a foder.



josé luís peixoto


"Não soube nunca o que sentia. 
Quando me falavam de tal ou tal emoção e a descreviam, sempre senti que descreviam qualquer coisa da minha alma, mas, depois, pensando, duvidei sempre. 
O que me sinto ser, nunca sei se o sou realmente, ou se julgo que o sou apenas. 
Sou um personagem de dramas meus."




 Fernando Pessoa

sábado, 2 de fevereiro de 2013

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...  Quantas frases mal pronunciadas, sussurradas, cheias de uma pressa, de apelo e de fé elevei ...