quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012


...é noite de não te saber



entre os meus braços
da falta de ti à minha volta
e dentro

é noite aguda...




Eugênia Fortes

Tenho acreditado: na força das janelas!


Descobri uma lei sublime...
A lei da equivalência das janelas,
E estabeleci que o modo de compensar
Uma janela fechada é abrir outra,
A fim de que a moral possa arejar
Continuamente a consciência.




Machado de Assis


*Dia tri-atribulado... Espero, logo mais, responder a Todos. 
**Obrigada pelo carinho, e por seguirem comigo. Bjkas!

As coisas não ditas apodrecem em nós

   

 Nelson Rodrigues

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012


Gosto do arrepio da tua língua na minha nuca,


Gosto que me digas quero mais



Quando creio já te ter dado tudo...






Inês Pedrosa

'porque a lua é hoje, a única coisa que temos em comum'


...Vou ver Júpiter e me lembrar 
de VOCÊ....




Caio Fernando de Abreu

Entre um rosto e um retrato, o real e o abstrato. Entre a loucura e a lucidez. Entre o uniforme e a nudez. Entre o fim do mundo e o fim do mês. Entre a verdade e o rock inglês. Entre os outros e vocês. Eu me sinto um estrangeiro, passageiro de algum trem que não passa por aqui, que não passa de ilusão.




Engenheiros do Hawaii.

Olhar-se ao espelho e dizer-se deslumbrada: Como sou misteriosa. Sou tão delicada e forte. E a curva dos lábios manteve a inocência. Não há homem ou mulher que por acaso não se tenha olhado ao espelho e se surpreendido consigo próprio. Por uma fração de segundo a gente se vê como a um objeto a ser olhado. A isto se chamaria talvez de narcisismo, mas eu chamaria de: alegria de ser. Alegria de encontrar na figura exterior os ecos da figura interna: ah, então é verdade que eu não me imaginei, eu existo.




Clarice Lispector

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012



"No seu corpo aprendi a saborear o desejo infinito,
O desejo como experiência da eternidade.
Para essa experiência não tenho palavras.
Nem sequer silêncio.
Dessa experiência,
Sobrou-me o que sou."



Inês Pedrosa


*Meu blog surtou: simplesmente não consigo comentar/responder/visitar... E lamentavelmente, cada pouco, recebo a mensagem que está excluído. 
*Desculpem  não responder a todos... Espero que logo normaliza =(.
*Obrigada pelo carinho!!!

Paciência.... Um exercício que tenho tentado renovar todos os dias...


Em algumas circunstâncias, eu disse para mim mesma, toda feliz: "é desta vez". Disse para logo em seguida, meio sem graça, precisar desdizer. Não era. Não, ainda, essa palavra que faz toda diferença para efeitos de esperança. Era de mentirinha. Rebate falso, propaganda enganosa, miragem no deserto, esses embaraços que existem aqui e ali na vida, e costumam ser do tamanho da nossa expectativa. Superáveis, quase todos, mas chatos, muito chatos.

PACIÊNCIA é também esse exercício que renovo todo dia: o de aguardar que uma hora dessas seja a vez de verdade.



Ana Jácomo

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Só me faltavas Tu
Para me faltar tudo






Manuel Antonio Pina

até que um dia, por astúcia ou acaso,
depois de quase todos os enganos,


ela descobriu a porta do labirinto. (…)
nada de ir tateando os muros como um cego.
nada de muros.


seus passos tinham - enfim! – a liberdade
de traçar seus próprios labirintos.






Mário Quintana

A vastidão do amor-próprio:



Você tem toda razão: é tudo vasto. Essencialmente vasto. Generosamente vasto. Assustadoramente, também. Inclusive, o próprio amor. Que não tem limites. Que tudo pode curar. Que tudo pode abraçar. Que tudo pode transformar, contrariando as perspectivas apertadas e assustadíssimas das temporadas nos cárceres.




Ana Jácomo

Os pingos da chuva fazem um buraco na pedra não pela violência,

Mas por cair com freqüência




Lucretius

A gente não cansa de amar,
A gente cansa de não ser amado.




Fabrício Carpinejar

sábado, 25 de fevereiro de 2012



Respiro o teu corpo:
sabe a lua-de-água
ao amanhecer,
sabe a cal molhada,
sabe a luz mordida,
sabe a brisa nua,
ao sangue dos rios,
sabe a rosa louca,
ao cair da noite
sabe a pedra amarga,
sabe à minha boca. 






Eugênio de Andrade


*E depois... Depois, mas nada sei.
**Bom sábado!


Caminha, assim, com a leveza, de quem abandonou tudo.






Al Berto

As manhãs mais limpas, não tem voz!


O amor

é uma ave a tremer

nas mãos de uma criança.

Serve-se de palavras

por ignorar

que as manhãs mais limpas

não têm voz.





Eugênio de Andrade

GIRASSOL, quando abre flor, geralmente despenca. 

O talo é frágil demais para a própria flor, compreende?



Caio Fernando Abreu


**'E sobre aqueles que continuam tentando: derrama teu sol mais luminoso'.

Deus: Como eu quero paz!



Caio Fernando Abreu


‎**25/02/1996.... Caio: continua me encantando, traduzindo, e emocionando. 


Mais um dengo, dessa vez, da Dai  http://rodaviva-daiana.blogspot.com/

Se puderem, conheçam, 

Um mimo muito fofo!


Um carinho que recebi da Mariana, visitem: 



Obrigada Mari!

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Cheiro(s) ...



Quando o teu cheiro me leva às esquinas do vislumbre


E toda a verdade em ti é coisa incerta e tão vasta


Quem sou eu para negar que a tua presença me arrasta?










Jorge Palma

Chegaste
com tua tesoura de jardineiro
e começaste a cortar:
uma folhas aqui e ali
uns ramos...
Eu estava desprevenida
quando arrancaste a raiz.



Ivette Centeno

A memória de nós, 
É mais. 
É como um sopro
De fogo, é fraterno e leal, é ardoroso
É como se a despedida se fizesse o gozo
De saber
Que há no teu todo e no meu, um espaço
Oloroso, onde não vive o adeus.





Hilda Hilst

Sem o animal dentro de nós, 

Somos anjos castrados.



Hermann Hesse

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012


Toda vez que toco na partícula Deus, dentro de mim...
Re - nasço. Re - crio. Re - faço.
Gero. Amo. Perdoo.
E meu tempo ganha novos tons.



Lígia Maria Torres

*E que seja feita, Pai, à Tua Vontade,

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh!....


tEUs 


Lábios são labirintos, 
Que atraem 


Os mEUs instintos mais sacanas






Engenheiros do Hawaii




**E o teu olhar sempre me engana

Certa noite, uma estrela cavalgava entre as nuvens, e eu disse-lhe

DeVoRa-Me!



Virginia Woolf

Cresceu-me uma pérola no coração.
mas estou só,
muito só,
não tenho a quem a deixar



Al Berto

É tempo!

...É tempo de encantar o tempo.

Ter o tempo em minhas mãos.

E o tenho...



Van Luchiari

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012


Não digas nada 

 A tua boca já me pertenceu e agora tenho ciúmes das palavras.
O que disseres será um beijo pousado nos lábios de outra mulher, dor e mais dor, traição maior para quem acreditou que o teu amor era para
a morte. 

Não fales tenho também ciúmes da tua voz; ouvir-te é ficar só uma vez mais.





Maria do Rosário Pedreira


"Toda a sociedade que pretende assegurar a liberdade aos homens deve começar por garantir-lhes a existência."



Léon Blum

"(...) A vida estrebuchava-me no peito, com uns ímpetos de vaga marinha, esvaía-se-me a consciência, eu descia à imobilidade física e moral, e o corpo fazia-se-me planta, e pedra, e lodo, e coisa nenhuma."



Machado de Assis


O espírito esboça,
mas é o coração que modela


Auguste Rodin

domingo, 19 de fevereiro de 2012

EU...


TENHO UMA tênia emocional. 
NUNCA HÁ comida suficiente.


Anais Nin


*E hoje, não há o que dê jeito nisso

...não existe maneira que a faça ser diferente...


Ela é cheia de sentimentos, parece que suas experiências se manifestam é no dorso do seu colo, e quase sempre, de vez em quando, tudo isso pesa. Mas não tem modo, não existe maneira que a faça ser diferente. E ainda, graças a Deus, ela é diferente. Algo que pesa e que tem o dom da leveza, algo que chora e que se manifesta em sorrisos, algo de forte, mas que se desmancha quando encontra a água.


Clarice Lispector

.
.Nada garante que tu existas

Não acredito que tu existas

necessito que tu existas...






David Mourão Ferreira


Reconhece-me pelos pés.
Os pés sabem tudo, todos os caminhos
– ou quase.
(...)

Começa então pelos pés.



Olga Savary

sábado, 18 de fevereiro de 2012

Tinham o rosto aberto a quem passava.
Tinham lendas e mitos
E frio no coração.




Eugênio de Andrade

"Aprecia coisas simples.
Ri sempre, muito e alto.
Ri até perder o fôlego.
Lágrimas acontecem.
Aguenta, sofre e segue em frente.
A única pessoa que te acompanha a vida toda és tu mesmo.
Mantém-te vivo, enquanto vives!"



Pablo Picasso 

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Deixas-me com meus desamparos
Não sabes do estio dos meus lábios
E das marcas que abraçam minha solidão
Pedaços de ti que arranham meu corpo...






Fernanda Guimarães
Sou as palavras e os segredos que guardei
e um estrito reservar-me nunca soube porquê
se tão completa me entrego as vezes que me entreguei.
Sou a lembrança que se vai diluindo
em olhos que julguei perenes e consanguíneos.
Sou canções-poemas e tantas
malbaratadas luas. 
E a música e os livros
e a varanda que um arquiteto desenhou
sem saber que era p'ra mim. 
E que perdi.
Sou o teu sono, minha gata, redondo ainda
e já inclinado ao fim. 
Sou árvores, o rio que amei,
as aves, as giestas, uma pouca de terra.



Soledade Santos

...O eterno estar no 
bifurcar 
dos caminhos...


Fernando Pessoa

*estou exatamente assim...

Tô fumando o cigarro da saudade e a fumaça escrevendo o nome dele.



Cordel do Fogo Encantado

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012


Não me arrependo das horas que perdi a esperar-te
Quando ainda havia a esperança...a esperança
Que havia ainda quando, a esperar-te,
Perdi horas de que não me arrependo...




José Luís Peixoto

Como se me tivesses mordido a língua
para que me doesse o teu nome




Pedro Jordão

Ah! Caio... Caio...


Uma sensação de abandono, de solidão sem remédio.


Caio Fernando de Abreu

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...  Quantas frases mal pronunciadas, sussurradas, cheias de uma pressa, de apelo e de fé elevei ...