terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Pai, rogai por nós,

Quem ordena a execução

Não acende a fogueira

(Pai, rogai por nós)

(Pai, rogai por nós)

(Pai, rogai por nós)

(Pai, rogai por nós)




Pitty




*Aos covardes! 

   Jeito 
           É
              Começar 
                           De 


                                R
                                   E
                                      P
                                        E
                                           N
                                              T
                                                E
                                                     




Clarice Lispector




*Janeiro se despede, 2012 está aí: bora?!

A magia do sonhar!, É uma bola colorida,

...Eles não sabem, nem sonham,
que o sonho comanda a vida,

que SEMPRE QUE UM HOMEM SONHA
o MUNDO PULA E AVANÇA

como bola colorida
entre as mãos de uma criança...



António Gedeão


Ilhas

de água,

paisagem efémera

da chuva derramada,

estranhas lágrimas

do Vento.



Gundula Steglitz

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012



queria morrer contigo


não queria morrer de ti...


...e ainda é tão tarde para que morramos os dois






Pedro Sena-Lino

depende das mãos (e da alma) daquele que a desfolha,


deSfolhar uma rosa
é poesia
ou prosa?




Cruzeiro Seixas


aquilo que impregnou um homem 


na infância 


nunca mais será eliminado








Stefan Zweig

CoRRia, quem sabe, numa tentativa de fazer com que o encanto saísse do coração junto ao suor do corpo. Mas o encanto não costuma sair facilmente de onde mora. De onde gosta de brilhar.



Ana Jácomo

A vida só teve cores para mim após ter te amado




Vincent Van Gogh
Também se pode regressar sem partir.
Não são apenas os relógios que se atrasam, às vezes é o próprio tempo. 


E todos os cuidados são então necessários. 


Há sempre um comboio que rola a nosso lado sem luzes e sem freios. 
E pode faltar-nos o estribo ou já não haver lugar na carruagem da frente






Albano Martins

domingo, 29 de janeiro de 2012

Toda vida é muita vida! - Lindoooooo da Aninha!



Nós também fazemos diferença para muita gente. Não estamos isolados nos nossos corpos como muitas vezes sentimos ou, por medo, talvez preferíssemos. Nossos gestos afetam outras tantas pessoas, conhecidas ou não. Fazemos parte de uma rede tecida por fios sutis de interdependência. Agora, neste instante, existem vidas sendo tocadas, de formas até inimagináveis, pela sua, pela minha. Toda vida é muita vida: ela e tudo o que abraça com os seus longos braços de energia. Se fazemos diferença, que seja com amor. É ele, sempre ele, que faz a diferença mais linda.




Ana Jácomo




**Amei²²²²²²²²²²²²²²²!

E o seu?



"Meu drama: é que sou livre!"
E até o último fim é esse sentimento liberto que permanece.


Clarice Lispector
Ele era tão poesia

que nunca caberia

num poema.





Luiz Guilherme Libório Alves

Carinho da Ká, obrigada!

Um beijo!
Por vezes são estrelas que sobem
quando a água ocupa o espaço
e um brilho esquivo tropeça
no cansaço
do dia
No chão ainda morno

ardem pétalas sossegadamente


e há a melancolia de um pássaro
Na varanda esquecida




Vasco Gato

Benditos, mil vezes!

Benditos, mil vezes benditos aqueles caRRoSSéis 

Que ensinaram aos meninos de meu tempo 

A pura alegria de viajar







Mário Quintana




*Que seu domingo seja leve, doce, e com cheiro de infância!

sábado, 28 de janeiro de 2012


Noites de um verão qualquer
Sob sua pele encontrei abrigo

Pra gente se dEVOrAR
Na ÓRBITA do SEU UMBIGO


(...)





Skank

Talvez, porque amar, seja uma 'espécie' de mergulho, de entrega...



O país do amor não tem horizontes
nem sequer tem horas
O país do amor não possui caminhos
Está-se lá, apenas
Vive-se lá, onde todas as perdas são possíveis. 
As águas do amor são mais humildes que transparentes, 
e a elementar serpente que as atravessa, e que arrulha como 
uma pomba, é na realidade uma pomba se tu não quiseres 
que seja uma serpente.
Onde estou, espero por ti e amo-te. 
Olho para ti, e o meu olhar beija-te. 
Canto, e é a ti que canto.




Joaquim Pessoa

Porque o abraço dele era porta fechada. E nem todas as armas e armadilhas podiam alcançá-la dentro daqueles braços. O mundo e o medo ficavam lá fora. E os pensamentos que sussurravam ameaças ao pé do ouvido iam silenciando a cada batida do coração. Dele, que era dela. Quando algum sentimento perigosamente falava mais alto, ela o apertava ainda mais forte, como se tentasse atravessar de uma pele pra outra e deixar a sua vida ali, perdida na dele.




Briza Mulatinho

A cor é a expressão 
De uma virtude escondida





Marguerite Yourcenar

Por isso eu sigo em paz!


Meus sonhos não são difíceis de se adivinhar
Pois você é sempre a minha inspiração
Nos becos, nos lugares, aonde quer que eu vá
Você e sempre a dona do meu coração
Por isso é que eu sigo em paz
Sem saber mas não me leve a mal
Por isso é que o sol continua a brilhar
Quando digo que te amo





Los Hermanos

Carinho em dobro: selinho que recebi da Elaine e da Fênix: 
Obrigada pelo mimo.

Elaine:
http://selinhos-avivarcel.blogspot.com/2012/01/selo-ouro-blogs-legaisqualidade-e.html#comment-form


Fenix:
http://selinhos-avivarcel.blogspot.com/2012/01/selo-ouro-blogs-legaisqualidade-e.html#comment-form

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012



Tudo o que aprendi de outras viagens, de nada me serve agora. Terei que aprender tudo outra vez. 
O olhar. A pele. A voz. O corpo.
Nunca me poderia ter preparado para ti. Porque tu nunca foste sequer uma suspeita.
Vieste sem te chamar. De mansinho. De surpresa. E ficaste tão perto que ocupaste a minha pele. 

(…) Mas ainda não conheço o rosto do medo que nos afasta. 




Maria José Quintela

...arde... e contra isso, não há o que possa...


Apaga-me os olhos: inda posso ver-te,

tranca-me os ouvidos: inda posso ouvir-te,

e sem pés posso ainda ir para ti,

e sem boca posso inda invocar-te.

Quebra-me os braços, e posso apertar-te

com o coração como com a mão,

tapa-me o coração, e o cérebro baterá,

e se me deitares fogo ao cérebro

hei-de continuar a trazer-te no sangue






Rainer Maria Rilke

A alma dos diferentes é feita de uma luz além.
Sua estrela tem moradas deslumbrantes que eles guardam para os poucos capazes de os sentir e entender.
Nessas moradas estão tesouros da ternura humana dos quais só os diferentes são capazes. Não mexa com o amor de um diferente.
A menos que você seja suficientemente forte para suportá-lo depois.



Arthur de Távola

"O que faço por involuntário instinto não pode ser descrito"




Clarice Lispector
Estou aprendendo a ver as cores do mundo a escutar os sons que a natureza emite a perceber que o bater das asas de um pássaro não é apenas um voo e que uma borboleta nem sempre foi tão bela. Estou descobrindo a beleza oculta da vida. E começando a acreditar que posso puxar cortinas e abrir janelas.




Lou Witt

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012


EU estava tão perto de ti que tenho frio ao pé dos outros





Paul Éluard


Penso nos lugares aonde não mais voltarei:


Não para dizer que neles se encerrou


O que deles ou através deles eu poderia ter sido.


Apenas para lembrar


Que nunca lhes poderei dizer adeus.








Luís Filipe Castro Mendes

Posso ser de mel, e de veneno.
 Posso ser muito humana, e muito bicho também.
 Me morde e eu te como. 



Clarice Lispector

Não me lembro da tua cara, meu amor, chego à rua e em todos os homens te reconheço, o que deve querer dizer que te estou a esquecer irremediavelmente. Mas desejo-te cada vez com mais violência, acordo a meio da noite com a sensação do teu hálito, os teus dedos percorrendo-me o interior do corpo, magoando-me, levando-me para o céu.



Inês Pedrosa

Uma frase irrelevante, muda uma vida inteira


Não sei porquê, de repente senti que havia ali um clima. Éramos amigos há anos, e nunca se tinha passado nada. Naquela noite olhei pra ela de outra maneira. Subimos aos nossos respectivos quartos e eu telefonei-lhe, perguntei-lhe se podia ir ter com ela ao quarto. Ela respondeu-me: “Já bebeste demais. Não.E a coisa teria ficado por ali, se não fosse um pequeno comentário dela, na manhã seguinte, quando nos cruzamos ao pequeno-almoço. Disse-me: “Olha, eu ontem disse-te que não porque de fato tinhas bebido muito. Mas não fiquei zangada contigo”. De modo que, nessa noite, só bebi água. Ao fim da noite fui dizer-lhe isso. E ela disse-me que subisse ao quarto dela. A verdade é que, se não fosse aquela pequena frase, eu nunca mais teria me aproximado dela com intenções sexuais, e a história teria terminado antes de começar. As nossas vidas decidiram-se naquela frase irrelevante. 



Inês Pedrosa

Não passe a mão pelas fotos que se estragam.

Elas são o contrário de nós:

Apagam-se quando recebem carícias.




Mia Couto
"Passeamos a noite inteira entre sândalos disseste-me
que eram sândalos e eu acreditei toda a noite
que passeamos entre sândalos naquela noite de março
na noite em que passeamos sem nos olharmos
num bosque de sândalos num mar de sargaços
(...)
quando acordaste e eu acordei a teu lado
sem noite sem sândalos sem mar em que acreditar
apenas a justa medida de um olhar no lado sombrio
do teu corpo desperto que sonhou no tom adequado
sobre um chão de terra virgem acabado de semear."



Carlos Alberto Machado 

"Prometemos segundo nossas esperanças e cumprimos segundo nossos medos."




La Rochefoucald

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012


Devias estar aqui rente aos meus lábios
Para dividir contigo esta amargura dos meus dias partidos um a um

- Eu vi a terra limpa no teu rosto,
Só no teu rosto e nunca em mais nenhum




Eugênio de Andrade

Tudo assim, lento, 

Confirmado pela respiração



Vasco Gato

Esqueceram-se das folhas tão grande era a pressa de florirem


Jorge Sousa Braga

Vida! 

Quero viver todas as tuas horas,

As que prendi na mão e as que nunca alcancei.

Ser um pouco de ti no espelho das paisagens 

Para, quando morrer, levar dentro dos olhos

A beleza imortal de tudo quanto amei.





Olegário Mariano
Bebo uma bebida amarga de gosto forte
E torço que ela faça vomitar toda essa magoa
Toda essa falta que você faz...



Vinícius Queiroz
queria ter o sol só para mim,
tê-lo de forma a dele poder 

de vez em quando ceder parte
 apenas a um dos meus mais íntimos amigos.






Luís Miguel Nava
"Quer fazer para ser como os felizes?"

...Ama! 



Olavo Bilac


Há tanto pra recuperar, 
Há tanto pra contar de nós.




Isabella Taviani

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

'para aliviar dores emocionais'



A cura para qualquer mal está na água salgada
suor
lágrimas 
ou um belo mergulho no mar




Isak Dinesen
foi pra repensar a luz que 
eu precisei de tanto escuro.



Rodrigo Faria
Recordo-te
E és a mesma
Ternura quase impossível
De suportar
Por isso fecho os olhos



Alexandre O'Neill

Onde já se viu o mar apaixonado por uma menina?

Quem já conseguiu dominar o amor?
Por que é que o mar não se apaixona por uma lagoa?

Porque a gente nunca sabe de quem vai gostar?






O Teatro Mágico


*Cá ouvindo... Daquelas que não canso de escutar!

Saber desistir. Abandonar ou não abandonar — esta é muitas vezes a questão para um jogador. A arte de abandonar não é ensinada a ninguém. E está longe de ser rara a situação angustiosa em que devo decidir se há algum sentido em prosseguir jogando. Serei capaz de abandonar nobremente? Ou sou daqueles que prosseguem teimosamente esperando que aconteça alguma coisa?




Clarice Lispector

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

...não me procures onde a memória arde e o destino se ausenta...



Despede-te de mim, bate devagar à porta, tenho vontade de recomeçar, reerguer escombros, ruínas, tarefas de pão e linho, não dar nome às coisas senão o de um vago esquecimento, abandono. Despede-te de mim como se a vida recomeçasse agora, não me procures onde a memória arde e o destino se ausenta. Tudo são banalidades, afinal, quando assim se recomeça e a vida falha como um material solar e ilhéu. Levamos poucas coisas, basta um pouco de ar, os objetos fixos, em repouso, os muros brancos de uma casa, o espaço de uma mão. Arrumo as malas e os sinais, aquilo que nos adormece em plena tempestade.






Francisco José Viegas

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...  Quantas frases mal pronunciadas, sussurradas, cheias de uma pressa, de apelo e de fé elevei ...