Você não é uma menina, é uma mulher.


E uma mulher deve saber discernir o que é, de fato, uma derrota e uma vitória.





   Derrota é quando a gente ganha dos outros, mas desiste de si mesma."

                                                                          



                     Martha Medeiros
1 comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!