sábado, 19 de março de 2011


Por não acreditar na finitude me perdia no absoluto infinito. 


                                   Hilda Hilst


Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...