A lembrança só dói quando fresca. 

Depois de curtida, é um consolo.”



Raquel de Queiroz
1 comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!