Esperança é quando, sendo seca absoluta do lado de fora,


                          
                            continuam as fontes a




                       borbulhar dentro do coração”.


Rubem Alves
2 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!