terça-feira, 22 de março de 2011

Doce,


Pretendia ser livre, mas não há como ser livre sem alguém para contar a própria liberdade. Liberdade foi feita para se declarar livre. É uma vaidade: sou livre.



Fabrício Carpinejar
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Lembrete à pressa: