"Só me dói morrer se não for de amor."



Gabriel García Márquez
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!