Procuro suportar todos os dias minha própria personalidade renovada,
despencando dentro de mim, tudo que é velho e morto."



Cora Coralina
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!