Confesso!

As vezes tenho vontade de sair por ai destruindo corações, pisando em sentimentos alheios ou sei lá,

alguma coisa que me faça realmente merecer esse meu sofrimento no amor.”



Caio Fernando Abreu
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!